O diretor da escola, os professores e os pais de alunos formam verdadeiros parceiros na vida escolar da criança.

O diretor da escola tem um papel particular a desempenhar nesse contexto e será o interlocutor privilegiado da família: com efeito, ele procura respeitar as funções, os direitos e os deveres de todos no estabelecimento.

O diretor é o representante da associação na direção da escola, sendo assim, ele é o mandatário dos direitos e dos interesses das crianças.

Ele faz respeitar as obrigações escolares e aplicar o regimento interno da escola.
Ele fica atento com que as decisões tomadas respeitam o futuro e os interesses das crianças.

O diretor da escola estabelece as condições para uma boa comunicação entre todos:

  • Instaurando um « caderno de deveres » (onde os pais podem verificar diariamente os trabalhos a serem feitos em casa pela criança)
  • Instaurando um caderno de correspondência, para as classes elementares, ou um caderno de vida, para as classes iniciais (onde a escola, os professores, pais e alunos possam se comunicar por forma escrita).
  • Convidando-os a participar das reuniões de informações coletivas.
  • Convidando-os a conversar com qualquer professor durante a reunião de fim de semestre.
  • Convidando-os a um encontro individual, em qualquer momento que achar necessário, da parte de um ou outro, a fim de manter a família informada do comportamento e do trabalho de seu filho na escola.

Ele se dedica a dar aos pais um lugar na vida da escola em:

  • Fazendo-os participar das decisões tomadas pelo conselho de escola
  • Convidando-os a participar da vida da escola, da organização das saídas escolares ou de manifestações sociais e culturais do estabelecimento.
  • Convidando-os a participar do projeto de escola.
  • Convidando-os a investir pessoalmente tanto na aprendizagem da língua parceira, como do conhecimento do contexto cultural do pais parceiro.